IMG_20160812_173928160

 AMARBRASIL recebeu comissão de Aragoiânia contra aterro

As lideranças e comunidade rejeitam a instalação e operação da Resíduo Zero no município. Cujo objetivo da empresa é tratar o lixo proveniente de outras cidades.

A população de Aragoiânia fará um ato publico contra a instalação de um aterro sanitário no município. O pároco e presidente da Casa Comum de Aragoiânia, Alaor, junto com outros lideres reliogiosos das igrejas evangelicas, da maçonaria e população entraram com representação no Ministério Publico. E, neste sábado, 20 de agosto, a partir das 16h farão manifestação na Praça Central contra a instalação e operação da empresa Resíduo Zero.
Entre as denúncias, o padre apontou inúmeros falhas na liberação para instalação do empreendimente, como o alvará emitido pela Prefeitura de Guápo, colocando a área de 108km pertecente aquele município. “No local possuem 16 nascentes que abastecem a cidade de Guápo e é importante também para Aragoiânia, a instalação do aterro sanitário pode contaminar o solo e assim o lençou freático”, argunta Alaor.
Com a ação do MP, a obra da emprasa está paralisada, mas assim mesmo a população que chamar a atenção para a necessidade em conservar o meio ambiente e exigir que o local seja desapropriado e passe a ser aérea de preservação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *